quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Arriscar-se


Rudyard Kipling brilhantemente escreveu:

Rir é arriscar-se a parecer doido,
Chorar é arriscar-se a parecer sentimental,
Estender a mão é arriscar-se a comprometer-se,
Mostrar os seus sentimentos é arriscar-se a se expor,
Dar a conhecer as suas ideias, os seus sonhos, é arriscar-se a ser rejeitado,
Amar é arriscar-se a não ser retribuído no amor,
Viver é arriscar-se a morrer,
Esperar é arriscar-se a desesperar,
Tentar é arriscar-se a falhar,
Mas devemos nos arriscar !
O maior perigo na vida está em não arriscar.
Aquele que não arrisca nada

- Não faz nada !

- Não tem nada !

- Não é nada !

2 comentários:

|Mdk|Space disse...

BOM NATAL HO HO HO - Pedro orosa

Caroline AS disse...

Feliz Natal tbm...
Lindo poema...
parabéns pelo post